- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ministro Fachin divide investigações de Michel Temer e Aécio Neves

© Antonio Cruz/Agência BrasilMichel Temer, Renan Calheiros e Aécio Neves
Michel Temer, Renan Calheiros e Aécio Neves - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje separar em dois o inquérito envolvendo o presidente da República, Michel Temer, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), ambos delatados pelos donos do grupo JBS.

João Doria ao lado de Wesley Batista, um dos donos da JBS - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Grupo de João Doria dava destaque a 'homem da mala' de Temer e donos da JBS
O parlamentar mineiro, afastado do cargo por Fachin, é suspeito de corrupção passiva, obstrução de investigação relacionada a organização criminosa e participação em organização criminosa. Ele passará a ser investigado em um inquérito junto com sua irmã, Andrea Neves, e seu primo, Frederico Pacheco de Medeiros, presos preventivamente no último dia 18. Já Temer, contra quem pesam as mesmas suspeitas, será investigado junto com o deputado Rocha Loures (PMDB-PR), seu intermediário para assuntos com a JBS. 

Um pedido para desmembrar o inquérito, no qual todos eram investigados em conjunto, foi feito pela defesa de Michel Temer na semana passada. Seus advogados queriam uma investigação separada para o presidente e o sorteio de um novo relator. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала