Irmão do terrorista de Manchester planejava atacar missão de ONU na Líbia

© AP Photo / Peter ByrneServiço de emergência se posiciona fora do Manchester Arena após relatos de uma explosão no local durante um Ariana Grande na cidade.
Serviço de emergência se posiciona fora do Manchester Arena após relatos de uma explosão no local durante um Ariana Grande na cidade. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O irmão menor do autor do atentado em Manchester estava preparando um ataque contra o chefe da missão da ONU na Líbia, escreve o jornal britânico The Telegraph citando fontes diplomáticas.

Polícia armada perto da Manchester Arena após a explosão no fim do concerto de Ariana Grande, em Manchester, Grã-Bretanha, 22 de maio de 2017 - Sputnik Brasil
Polícia britânica divulgou fotografia do autor do atentado em Manchester (Foto)
Segundo os diplomatas, Hashim Abedi, de 20 anos de idade, irmão do terrorista-suicida Salman Abedi, desempenhava um papel "significante" na célula terrorista que planejava fazer explodir o cortejo do enviado especial do Secretário-Geral da ONU à Líbia Martin Kobler durante sua visita a Trípoli no início de 2017.

Os serviços de segurança vigiaram Hashim e seus cúmplices por vários meses prevenindo o atentado.

Segundo o jornal, a agência britânica de inteligência MI6 está atuando neste momento na Líbia e investigando, juntamente com as autoridades líbias, se a célula estendeu suas atividades ao Reino Unido.

Polícia isola área um dia após um grande atentado na Manchester Arena, noroeste da Inglaterra, em 22 de maio de 2017 - Sputnik Brasil
Manchester: Líbios prendem pai e irmão de terrorista; 5º acusado tinha 'pacote suspeito'
O irmão de Salman Abedi, indicado como autor do ataque na Manchester Arena, foi preso na quarta-feira (24) em Trípoli acusado de estar ligado ao Daesh. Durante um interrogatório, ele confessou que seu irmão e ele apoiavam o Daesh.

De acordo com o The Telegraph, Hashim Abedi foi detido a caminho do banco onde queria tirar 4,5 mil dinares líbios (R$ 10,5 mil) enviados por seu irmão de Manchester.

Na noite da última segunda-feira (22), ao fim de um show da cantora americana Ariana Grande, uma grande explosão provocou a morte de 22 pessoas e deixou outros 60 feridos. O incidente ocorreu por volta das 22h30, horário local, e cerca de 20 mil pessoas, em sua maioria jovens e adolescentes, se encontravam no estádio no momento do atentado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала