Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Filho e irmão do presidente da Guatemala serão julgados por fraude

© REUTERS / Jorge Dan LopezGuatemalan presidential candidate Jimmy Morales of the National Convergence Front
Guatemalan presidential candidate Jimmy Morales of the National Convergence Front - Sputnik Brasil
Nos siga no
O filho e o irmão do presidente guatemalteco Jimmy Morales serão julgados por fraude, a Justiça do país da América Central decidiu neste sábado (27).

Jimmy Morales, presidente eleito da Guatemala - Sputnik Brasil
Tiririca da Guatemala: O comediante presidente (e outros famosos que viraram políticos)
José Manuel Morales e Samuel Morales — que se declaram inocentes — são acusados de apresentar notas frias de serviços não realizados. Os dois haviam sido presos, mas a juíza Silvia de León permitiu que os parentes do presidente cumpram prisão domiciliar enquanto aguardam julgamento. Outras 22 pessoas também serão julgadas no mesmo caso.

Segundo a Comissão Internacional Contra a Impunidade na Guatemala (CICIG), os familiares do presidente participaram de uma fraude que envolveu a quantia de 180.000 quetzales, cerca de R$ 80 mil.

Segundo a promotoria, um dos casos investigados envolve possíveis notas frias de um restaurante de um dos financiadores do partido do presidente Jimmy Morales, a Frente de Convergência Nacional. Morales ainda não se pronunciou sobre o caso.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала