Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Brigado' com os EUA e China, presidente filipino chega a Moscou para visita oficial

© Foto / Michael Klimentyev/SputnikO presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante uma reunião com o presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, à margem da cúpula da APEC em Lima.
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante uma reunião com o presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, à margem da cúpula da APEC em Lima. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, chegou a Moscou nesta segunda-feira para visita oficial. O vice-ministro russo de Relações Exteriores, Igor Morgulov, se encontrou com a delegação filipina no aeroporto Vnukovo-2, informou um correspondente da Sputnik.

A visita vai durar até sexta-feira e, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores filipino, o objetivo é "fortalecer as relações entre Manila e Moscou".

Soldados participando da cerimônia de comemoração dos 79 anos das Forças Armadas das Filipinas, no Camp Aguinaldo, Cidade Quezon, em 18 de dezembro de 2014 - Sputnik Brasil
Cenário dramático: estamos à beira de uma guerra entre Filipinas e China?
Na agenda do filipino está uma reunião com o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, e com o presidente Vladimir Putin. Espera-se que os políticos discutam questões relativas à cooperação nas esferas política, militar e econômica.

Além de se reunir com a liderança russa, o presidente das Filipinas vai discursar no Instituto Estadual de Relações Internacionais de Moscou na quarta-feira e participará do Fórum de Negócios Filipinas-Rússia na cidade de São Petersburgo na sexta.

Embora tenha feito esforços para se distanciar de Washington desde que foi eleito, o presidente tem travado em um duelo verbal contra a China, cobrando frequentemente uma solução para a área disputada no Mar da China Oriental. Mais cedo, o presidente declarou que vai tentar convencer Putin a fornecer armas às Filipinas" "sobretudo mísseis terrestres de alta precisão". No entanto, Duterte declarou que o armamento será usado para "combater os grupos armados que semeiam o caos" no seu país. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала