Construtores russos desenvolvem sistema para controle de drones ligeiros

© Sputnik / Vladimir Pesnya / Abrir o banco de imagensDrone em Moscou (foto de arquivo)
Drone em Moscou (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O projeto-piloto russo para controle de voos de drones pequenos, inclusive de quadricópteros ligeiros, será testado até finais de 2017, sendo depois gradualmente instalado em todo o território do país.

Os pormenores da iniciativa foram comunicados à Sputnik pelo construtor principal do sistema e especialista da corporação Rossiyskiye Kosmicheskiye Sistemy (RKS na sigla em russo, Sistemas Espaciais Russos), Mikhail Kirechko.

De acordo com ele, nos últimos anos os preços das tecnologias de construção de veículos comandados à distância caíram muito, e o mercado russo foi invadido por numerosos tipos de quadricópteros da produção estrangeira disponíveis, de fato, a qualquer consumidor.

Drones - Sputnik Brasil
5 usos que você não esperava para um drone
"É a isso que está ligada a criação do sistema de controle de drones. Isto se pode observar especialmente no que se trata de quadricópteros ligeiros — sua produção e vendas estão crescendo a ritmos acelerados, sendo que os modelos são substituídos tão rapidamente que, provavelmente, apenas a indústria de smartphones os pode ultrapassar. Entretanto, os pequenos drones continuam sendo apenas gadgets da moda. Sua larga utilização com fins lucrativos é obstaculizada pelas restrições legislativas e padrões de segurança. Hoje em dia é evidente que os países que conseguirem ser os primeiros a remover estas barreiras ganharão uma vantagem inicial muito alta no desenvolvimento de toda uma série de serviços tecnológicos — desde entregas e monitoramento a seguros e sistemas de segurança da nova geração", explicou.

Nos EUA, um projeto parecido está sendo desenvolvido pela NASA. Na Rússia, a iniciativa está sendo desenvolvida com participação dos especialistas da RKS, que é uma holding da Agência Federal Espacial (Roscosmos). A empresa é a criadora do sistema de navegação por satélite GLONASS, que servirá de base à infraestrutura que irá garantir o uso seguro dos voos de drones ligeiros.

"Planeja-se que o modelo experimental da infraestrutura esteja pronto até finais de 2017. Por enquanto, a República de Bascortostão foi escolhida como a primeira região experimental. Ela é uma das regiões mais avançadas da Federação da Rússia quanto aos níveis de desenvolvimento e ritmos de implantação dos sistemas de informação geográfica. Num futuro próximo, se planeja lançar aí um projeto de monitoramento da infraestrutura rodoviária via drones. Ao solucionarmos esta questão, poderemos 'afinar' os nossos equipamentos e criar um protótipo do sistema", comunicou Kirechko.

De acordo com o engenheiro, a etapa seguinte será aplicar o sistema em todo o território russo.

"É um projeto enorme que estamos desenvolvendo em parceria com a Agência Federal dos Transportes Aéreos (Rosaviatsiya), a Corporação Estatal para Organização do Trafico Aéreo, a gigante de telecomunicações russa Rostelecom e a associação GLONASS. Temos um nível muito bom de interação, estou convencido que juntos poderemos obter para o nosso país a liderança em tecnologias de drones", resumiu.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала