Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Tempestade Primaveril da OTAN na Estônia entra na fase final

© AFP 2021 / RAIGO PAJULA Soldados estonianos
Soldados estonianos - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os exercícios militares da OTAN Tempestade Primaveril, a decorrer na Estônia, estão entrando na fase final – durante a próxima semana serão efetuados treinamentos com a participação de tanques e outro material militar blindado, informa na quinta-feira (18) o Estado-Maior das Forças da Defesa estonianas.

Ensaio para a parada do dia da Marinha da Rússia em Baltiysk. A Frota do Báltico. - Sputnik Brasil
Resposta russa aos sonhos da OTAN: Frota do Báltico aumenta seu poderio
Os exercícios militares internacionais da OTAN Tempestade Primaveril (Spring Storm), que contam com cerca de 9 mil militares, estão decorrendo na Estônia de 8 a 26 de maio. Além dos militares estonianos, dos exercícios participam também 2,3 mil soldados estrangeiros de 13 países.

A primeira e a segunda brigadas de artilharia das Forças da Defesa da Estônia, apoiadas por destacamentos aliados com blindados pesados, vão participar das manobras imitando uma batalha. Segundo o cenário, a segunda brigada vai participar na qualidade de "agressor", enquanto a primeira irá se defender.

O plano dos exercícios inclui combates durante cinco dias com equipamentos ligeiros e, em seguida, dois dias de manobras com unidades de tanques e outros blindados pesados.

"Os treinos conjuntos das duas brigadas, nos quais participam lado a lado soldados do serviço militar obrigatório, reservistas e militares profissionais, bem como os aliados, incute-nos confiança e coragem. Sabemos que no futuro nos esperam batalhas severas, mas o grupo de choque está pronto para atacar", declarou o comandante da primeira brigada da artilharia, coronel Veiko-Vello Palm.

Presidente turco Recep Tayyip Erdogan discursa na cerimônia de entrega de prêmios em Ancara, Turquia, 3 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Erdogan: Turquia não precisa de autorização dos EUA para responder à ameaça curda
Os exercícios envolvem mais de 800 militares da Grã-Bretanha, que fazem parte do batalhão internacional da OTAN na Estônia, e cerca de 300 militares franceses. A Alemanha enviou cerca de 400 soldados para participar das manobras.

Desde 2014, a OTAN vem aumentando sua presença no Leste europeu, principalmente nos países que têm fronteiras com a Rússia. O pretexto para tal é a suposta interferência russa na crise ucraniana.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала