Força Aérea da Ucrânia começa preparativos para Rapid Trident 2017

© AFP 2022 / YURIY DYACHYSHYNMilitares ucranianos participam dos exercícios
Militares ucranianos participam dos exercícios - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força Aérea da Ucrânia está se preparando para os exercícios militares conjuntos Rapid Trident 2017 com os EUA, informa na quinta-feira (18) o serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Ucrânia, destacando que as partes já discutiram o lado organizacional das manobras.

Soldados estonianos - Sputnik Brasil
Tempestade Primaveril da OTAN na Estônia entra na fase final
Segundo dados do Ministério, as chefias militares ucranianas e seus homólogos norte-americanos já efetuaram uma reunião na região ucraniana de Khmelnitskaya, onde fica a base da brigada tática de aviação.

"Foram discutidas as questões organizacionais sobre a participação da aviação nos próximos treinamentos americano-ucranianos Rapid Trident 2017, nos quais vão participar tropas dos EUA", diz o comunicado do Ministério.

Além disso, destaca-se que "foram examinadas as áreas (pistas de aterrissagem) onde a tripulação das tropas especiais da Força Aérea da Ucrânia planeja desembarcar do avião C-130J da Guarda Nacional da Califórnia."

Segundo informa a mídia ucraniana, os exercícios irão decorrer na base do Centro Internacional de Manutenção de Paz e Segurança na região de Lviv, Ucrânia.  Entretanto, informa-se que, além dos EUA, tomarão parte das manobras militares de 14 países. 

Militares do batalhão de guerra química do exército dos EUA numa base militar na Coreia do Sul - Sputnik Brasil
EUA obtêm dados secretos para ataque preventivo à Coreia do Norte
No início deste ano, a Suprema Rada (parlamento da Ucrânia) aprovou a decisão do presidente do país, Pyotr Poroshenko, quanto à permissão de entrada de destacamentos de forças armadas de outros países no território da Ucrânia em 2017 para participação de treinamentos internacionais.

Em particular, trata-se dos treinamentos americano-ucranianos Sea Breeze 2017 e Rapid Trident 2017 que devem ocorrer neste ano. Conforme o documento, os destacamentos militares dos EUA, países-membros da OTAN e outros Estados que participem do programa, que será realizado até dezembro de 2017, têm todo o direito de entrar em território ucraniano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала