Poroshenko reitera acusações contra Rússia e pedirá prorrogação das sanções ao G7

© Foto / Serviço de imprensa do presidente da Ucrânia / Abrir o banco de imagensPyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia (foto de arquivo)
Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, declarou que em breve debaterá com os líderes do G7 a situação na região de Donbass, no leste ucraniano.

"Penso em realizar consultas em breve com os líderes do G7, começando pela Alemanha. Em 20 de maio parto para Berlim para realizar negociações extensas e importantes com a chanceler alemã", disse Poroshenko. 

Presidente dos EUA Donald Trump durante discurso na sessão do Congresso dos EUA, 28 de fevereiro de 2017 - Sputnik Brasil
Trump diz que 'fará frente à conduta destrutiva' da Rússia na Síria e Ucrânia
O presidente ucraniano assegurou que irá propôr a prorrogação das sanções contra a Rússia por mais 12 meses ao invés de seis com o objetivo de "motivar a Rússia a sentar-se à mesa de negociações, cumprir os acordos de Minsk, tirar suas tropas do território ucraniano e interromper a agressão". 

Kiev acusa Moscou de interferir nos assuntos da Ucrânia em relação ao conflito na região de Donbass. 

A Rússia repetidamente qualificou estas acusações como inaceitáveis, frisando que não representa uma parte no conflito ucraniano e está interessada na superação da crise política e econômica.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала