EUA: Ciberataque 'ransomware' foi provocado por 'criminosos ou governos estrangeiros'

© Sputnik / Natalia Seliverstova / Abrir o banco de imagensA residência oficial do presidente norte-americano, Casa Branca, Washington
A residência oficial do presidente norte-americano, Casa Branca, Washington - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ciberataque do tipo 'ransomware' que atingiu mais de 70 países na semana passada teria sido causado por criminosos ou governos estrangeiros. É o que afirma o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Tom Bossert, durante coletiva de imprensa na Casa Branca nesta segunda-feira (15).

Escutas telefônicas - Sputnik Brasil
Mídia: ferramenta roubada da NSA foi usada em ciberataque global desta sexta-feira
"Isso foi uma exploração de uma vulnerabilidade como parte de uma ferramenta muito maior", disse Bossert, referindo-se ao ataque cibernético. "Isto foi uma ferramenta desenvolvida potencialmente por atores criminosos ou estados estrangeiros", acrescentou. 

De acordo com o conselheiro de segurança nacional, o ataque global de ransomware está diminuindo, mas já atingiu centenas de milhares de sistemas de computador em mais de cem países. Boosert declarou que mais de 300 mil máquinas foram infectadas. 

Na última sexta-feira a empresa de segurança cibernética Kaspersky Lab registrou cerca de 45 mil tentativas de ataque em 74 países em todo o mundo, sendo a Rússia o país mais atingido. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала