Hezbollah prevê ofensiva em território de Israel

© AFP 2022 / Anwar AmroLíder do Hezbollah, Hassan Nasrallah
Líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Combates entre as forças xiitas libanesas do Hezbollah e as Forças de Defesa de Israel podem ocorrer em território do estado judeu, avisou o líder do Hezbollah nesta quinta-feira.

A fronteira entre Israel e o Líbano - Sputnik Brasil
Para Hezbollah, projeto 'Grande Israel' fracassou
"Desmantelamos nossas bases lá", disse o líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, à uma emissora de TV em Beirute. Em vez disso, assegurar a fronteira será agora a "responsabilidade do Estado" do Líbano.

As declarações de Nasrallah foram feitas horas depois do Hezbollah ter desativado postos militares na fronteira entre Líbano e Síria. "Não há necessidade [dessas bases do Hezbollah]", disse Nasrallah, na fronteira oriental libanesa.

Esses recursos militares podem agora ser direcionados para o combate contra as Forças de Defesa de Israel, de acordo com o aviso de Nasrallah. "Israel tem ameaçado há 10 anos abrir uma frente contra o Hezbollah, mas não fez nada", disse ele na quinta-feira.

"Israel tem medo de qualquer confronto, porque o mesmo poderia acontecer dentro das fronteiras do seu território", disse o chefe do Hezbollah.

O Hezbollah, estabelecido na década de 1980, aliou-se ao exército do governo sírio para combater grupos terroristas como Daesh.

Membros da Brigada do Hezbollah no Iraque, onde o grupo libanês participa das operações para deter o avanço do Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Israel: alvo do ataque na Síria era uma carga de armamento para Hezbollah
Após a experiência de combate adquirida durante a guerra civil síria, Israel passou a considerar o grupo como um exército e não mais como uma simples organização guerrilheira, de acordo com um relatório do jornal Haaretz. Israel não aceitará as ameaças de Nasrallah, escreveu o jornal israelense, acrescentando que uma nova ofensiva poderia comprometer a Galileia em Israel, bem como outras partes do norte de Israel.

Uma incursão vitoriosa contra as posições israelenses seria um grande "golpe" psicológico para Israel, acrescentou o artigo do Haaretz.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала