Quanto custa o assassinato de Kim Jong-un?

© AP Photo / Ahn Young-joonSoldados sul-coreanos observam a parte da Coreia do Norte (arquivo)
Soldados sul-coreanos observam a parte da Coreia do Norte (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Hoje, 12 de maio, Kim Hyung-joon, embaixador da Coreia do Norte na Rússia, declarou que o seu país identificou um grupo terrorista que estava preparando um atentado contra o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Pyongyang: EUA organizam nos bastidores atos de terrorismo contra Coreia do Norte
Como informa a Sputnik Coreia, citando o embaixador, a organização da tentativa de atentado contra Kim Jong-un custou 300 mil dólares (mais de 900 mil reais). Os serviços de inteligência norte-americanos e sul-coreanos entregaram este dinheiro ao cidadão norte-coreano Kim para que ele organizasse um atentado contra a liderança norte-coreana.

O assassinato secreto deveria ter lugar durante as comemorações com a ajuda de uma substância bioquímica (material radioativo ou tôxico em forma de manosubstância) "capaz de eliminar os dirigentes sem haver contato físico".

"Eles [a CIA e a inteligência sul-coreana] entregaram duas vezes a esse sujeito 20 mil dólares (cerca de 63 mil reais) e um aparelho de emissão/receção por satélite, disse Kim Hyung-joon.

De acordo com o embaixador, Kim foi ameaçado com o assassinato da sua família, ele recebia ordens da inteligência sul-coreana através de satélite. Durante 2016 foram registradas quatro conversas em que foram apresentados vários métodos de levar a cabo o referido plano.

Kim Jong-un durante parada militar dedicada ao 105 aniversário do seu avô, Kim Il-sung, Pyongyang,  15 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Coreia do Norte exige extradição dos suspeitos de terem tentado assassinar Kim Jong-un
Na segunda metade de 2016 foi dada pressa a Kim no sentido de ele organizar "um posto de comunicação para fornecer equipamento, materiais e dinheiro". Para este fim, bem como para subornar cúmplices, ele recebeu mais 200 mil dólares (cerca de 630 mil reais).

Em março-abril deste ano o autor da tentativa de atentado recebeu mais 50 mil dólares (157 mil reais) e um novo aparelho recetor via satélite. No fim do abril, os preparativos terminaram.

A operação era mantida em rigoroso segredo para evitar a guerra na península da Coreia. No total, Kim recebeu 80 ordens da inteligência sul-coreana.

O embaixador afirmou que Pyongyang "eliminará sem piedade" os organizadores da tentativa de atentado contra as autoridades norte-coreanas. Ele acrescentou também que tanto os EUA, como a Coreia do Sul devem pedir desculpas e castigar os culpados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала