EUA invadiram Iraque para derrubar Saddam Hussein e não para trazer democracia

© AFP 2022 / AHMAD AL-RUBAYEUm vendedor mostra um CD sobre o julgamento do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein na capital iraquiana, Bagdá, em 9 de abril de 2012
Um vendedor mostra um CD sobre o julgamento do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein na capital iraquiana, Bagdá, em 9 de abril de 2012 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos invadiram o Iraque em 2003 e não foi para trazer a democracia ao país. O objetivo era derrubar o presidente Saddam Hussein, disse a ex-Secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, durante uma reunião no Brookings Institution.

Aviões F-18E Super Hornets da Força Aérea dos EUA voando sobre o norte do Iraque - Sputnik Brasil
Opinião: Filosofia de dominância dos EUA levou à guerra no Iraque
"Nós não fomos ao Iraque para levar democracia, fomos ao Iraque para derrubar Saddam Hussein… Foi um problema de segurança", disse Rice.

Rice, que serviu como conselheira de segurança nacional para o presidente George W. Bush na época, negou que os Estados Unidos estavam determinados a usar o seu poder militar para impor a democracia ao Iraque em 2003, ou ao Afeganistão, em 2001.

"Eu nunca teria dito ao presidente Bush para usar a força militar para levar democracia ao Iraque e Afeganistão", disse ela.

Rice também reconheceu que os movimentos populistas que surgiram nos Estados Unidos e na Europa Ocidental nos últimos dois anos foram manifestações de protesto de milhões de pessoas contra as elites, que ignoraram as preocupações sobre as questões como o livre comércio e a imigração ilimitada.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала