CIA abre nova representação na Coreia do Sul

Nos siga noTelegram
A Agência Central de Inteligência dos EUA, a CIA, anunciou hoje a abertura de um centro especial na Coreia do Sul para lidar com as recentes ameaças nucleares feitas por Pyongyang.

Tomahawk Cruise Missile - Sputnik Brasil
Japão pondera adquirir mísseis Tomahawk no meio da tensão com a Coreia do Norte
"A Agência Central de Inteligência (CIA) criou um Centro de Missão da Coreia para aproveitar todos os recursos, capacidades e autoridades da agência para enfrentar a ameaça de mísseis nuclear e balístico representada pela Coréia do Norte", diz o comunicado da agência.

De acordo com o diretor da CIA, Mike Pompeo, esse novo centro permitirá integrar e dirigir melhor os esforços contra as sérias ameaças impostas por Pyongyang não apenas contra os Estados Unidos, mas também contra seus aliados. 

Devido a uma série de testes com mísseis realizados pela Coreia do Norte, o novo governo dos Estados Unidos decidiu endurecer o discurso contra o regime de Kim Jong-un, chegando inclusive a enviar navios de guerra para a região e acelerando a instalação do polêmico sistema de mísseis THAAD na Coreia do Sul, ações que provocaram ainda mais irritação entre as autoridades norte-coreanas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала