'Não muito fã': Obama alertou Trump sobre General Michael Flynn

© REUTERS / Carlos BarriaDonald Trump e Barack Obama antes da cerimônia
Donald Trump e Barack Obama antes da cerimônia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Casa Branca confirmou nesta segunda-feira (8) que o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, deixou claro para Donald Trump que "não era grande fã" do ex-conselheiro de Segurança Nacional da atual administração norte-americana, General Michael Flynn.

Caminhão com inscrição Wikileaks em frente à Casa Branca, em Washington DC, Estados Unidos - Sputnik Brasil
Wikileaks: Flynn renunciou por pressão dos serviços secretos, dos democratas e da imprensa
A administração de Trump foi alertada para não eleger Flynn para assumir a Defesa nacional durante a reunião realizada na Casa Branca após a vitória de Trump nas eleições de novembro de 2016.

O ex-presidente teria dito que "não era grande fã" do General Flynn. 

Flynn foi afastado do cargo depois de se verificar que ele havia mentido para o vice-presidente Mike Pence sobre suas conversas com o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak. 

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que a administração de Obama havia julgado a questão e não tomou medidas para suspender a autorização de segurança de Flynn.   

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала