Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cientistas criam arma a laser capaz de destruir planetas inteiros (FOTO)

© Foto / Lucasfilm, 1977O super laser usado na saga de George Lucas Guerra nas Estrelas para destruir planetas inteiros
O super laser usado na saga de George Lucas Guerra nas Estrelas para destruir planetas inteiros - Sputnik Brasil
Nos siga no
Um grupo dos físicos australianos propõe, de modo completamente sério, recriar o superlaser que foi usado na saga de George Lucas Guerra nas Estrelas para destruir planetas inteiros. Essa superarma futurística é constituída por vários raios de laser que se unem em um único feixe de luz destruidor.

Buraco negro - Sputnik Brasil
Descoberta científica: É mesmo possível viajar no tempo e no espaço!
Na verdade, a ideia de criar esse tipo de arma não é nova.  Durante décadas, engenheiros de todo o mundo tentaram desenvolvê-la, mas sempre enfrentaram alguns obstáculos naturais: a dispersão dos raios na atmosfera — fenômeno conhecido como Efeito Raman, que resulta em perda substancial do seu potencial, ou, por exemplo, o sobreaquecimento do prisma que deveria "recolher" raios diferentes em um único superlaser poderoso.

Agora, pesquisadores da Universidade Macquarie, em Sidney, na Austrália, conseguiram imitar em laboratório um processo para fazer convergir os raios de luz — e, à maneira do Império, aumentar (muito!) a energia do feixe luminoso, informa a Live Science.

Para atingir isso, eles usaram um cristal de diamante ultrapuro no ponto de convergência dos diferentes raios, acumulando assim sua potência em um único raio poderoso, capaz de transmitir quantidade suficiente de energia em um ambiente vazio, tal como o Espaço.

No entanto (graças a Deus), agora essa arma ainda não é capaz de destruir planetas inteiros como seu análogo na Guerra nas Estrelas, mas os pesquisadores acreditam que pode ser aplicada no espaço. Pode ser usada para impulsionar veículos espaciais e retirar lixo espacial da trajetória dos satélites, limpando a órbita.

Mas é preferível não pensar o que acontecerá se lasers de grande potência forem capazes de destruir esses satélites…

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала