Ucraniano pode ser condenado a 15 anos de prisão nos EUA

© AFP 2022 / Jose CABEZASAgente do serviço de imigração dos EUA em um centro de detenção de Raymondville, Texas (arquivo)
Agente do serviço de imigração dos EUA em um centro de detenção de Raymondville, Texas (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Embora grandes parceiros desde os protestos pró-ocidentais no final de 2013 em Kiev, Ucrânia e Estados Unidos foram colocados em lados opostos por um cidadão ucraniano que tem dado muita dor de cabeça às autoridades norte-americanas e, agora, corre o risco de passar vários anos em uma penitenciária dos EUA.

Multiple layers of steel walls, fences, razor wire and other barricades are viewed from the United States side of the of the US-Mexico border on January 26, 2017 in San Ysidro, California - Sputnik Brasil
EUA vão contratar mais 5 mil agentes para patrulha de fronteiras 'imediatamente'
Após ser condenado por três vezes nos Estados Unidos e ser deportado para a Ucrânia, Thiodore Igorovich Galista decidiu entrar novamente em território americano de maneira ilegal, desafiando as autoridades locais. Segundo o Serviço de Imigração e Controle de Aduanas dos EUA (ICE), subordinado ao Departamento de Segurança Interna (DHS), ele pode pegar agora uma pena de até 15 anos de prisão. 

"Thiodore Igorovich Galista foi preso na manhã da última terça-feira, em Nova York", diz o comunicado divulgado pelo órgão. "Galista pode enfrentar uma sentença máxima de cinco anos por falso testemunho e outros dez anos de prisão por reentrada ilegal [nos EUA]".

Se condenado, Galista ainda deverá pagar uma multa no valor de 250 mil dólares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала