China lança porta-aviões novo e envia ao Mar Amarelo em meio à crise na Coreia

© AFP 2022 / STR O Liaoning é o único porta-aviões da Marinha da China. Inicialmente, o navio foi construído para a União Soviética como porta-aviões Riga da classe Kuznetsov. Após a dissolução da União Soviética, o navio foi comprado pela China em 1998, reconstruído e entrou em serviço da Marinha do Exército de Libertação Popular da China sob o nome de Liaoning em 2012
O Liaoning é o único porta-aviões da Marinha da China. Inicialmente, o navio foi construído para a União Soviética como porta-aviões Riga da classe Kuznetsov. Após a dissolução da União Soviética, o navio foi comprado pela China em 1998, reconstruído e entrou em serviço da Marinha do Exército de Libertação Popular da China sob o nome de Liaoning em 2012 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China enviou o seu mais novo porta-aviões ao mar Amarelo, à luz da escalada das tensões na Península Coreana, informou a imprensa local nesta quarta-feira.

O primeiro porta-aviões da construção chinesa 001A - Sputnik Brasil
China se prepara para lançar primeiro porta-aviões de fabricação nacional
O navio chinês é o segundo porta-aviões inteiramente produzido por Pequim, e acabou de ser inaugurado no porto de Dalian, informou a agência de notícias Xinhua.

As tensões na Península Coreana aumentaram durante o último mês, em função dos testes nucleares de Pyongyang e dos lançamentos de mísseis balísticos realizados em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU. A Coréia do Norte pretendia realizar mais um lançamento de mísseis no domingo, no entanto os testes não foram bem-sucedidos, de acordo com os oficiais de defesa da Coréia do Sul.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала