Estados Unidos realizam novos bombardeios no Iêmen

Nos siga noTelegram
Os militares dos EUA realizaram novos ataques no Iêmen contra os membros do grupo terrorista Al-Qaeda na Península Arábica (AQAP na sigla em inglês, banido na Rússia), informou o porta-voz do Departamento de Defesa, capitão Jeff Davis.

"Fizemos um ataque em 18 de abril… era contra três terroristas da AQAP e um ontem adicional, 23 de abril, contra oito terroristas da AQAP", disse Davis em entrevista coletiva. "Desde 28 de fevereiro, realizamos mais de 80 ataques de precisão contra militantes da AQAP, infraestrutura, posições de combate e equipamentos no Iêmen".

Um menino está sentando ao lado do alimento que ele recebeu de uma caridade local em Sanaa, Iêmen, junho 23, 2016 - Sputnik Brasil
EUA admitem que civis 'provavelmente' foram mortos em ataque no Iêmen - inclusive crianças
Em 29 de janeiro, o governo do presidente Donald Trump ordenou o seu primeiro ataque militar contra o grupo terrorista no Iêmen. A ação resultou na morte do soldado de elite Ryan Owens.

Durante a operação, as forças de operações especiais dos Estados Unidos mataram 14 militantes e civis, incluindo a filha de oito anos do ex-líder da Al-Qaeda, Anwar Awlaki. Segundo a imprensa, o objetivo da operação era capturar ou matar o líder do grupo, Qassim Rimi, considerado o terceiro terrorista mais perigoso do mundo e um mestre recrutador. No entanto, ele sobreviveu.

A AQAP foi estabelecido em 2009 e foi condenado como uma organização terrorista pelos Estados Unidos, Rússia e muitas outras nações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала