China está disposta a se juntar à Rússia para resolver conflitos internacionais

© AFP 2022 / POOL / Kenzaburo FukuharaMinistro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov com seu homólogo chinês Wang Yi
Ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov com seu homólogo chinês Wang Yi - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China, junto com a Rússia, está pronta a levar a estabilidade política às "zonas de conflito", incluindo a Síria e a Coreia do Norte, declarou o chefe da Chancelaria chinesa, Wang Yi.

O caminhão Zil-130 que transporta um drone norte-coreano no desfile militar que marca o 100º aniversário do fundador da Coreia do Norte, Kim Il Sung, em Pyongyang. 15 de abril de 2012. - Sputnik Brasil
China está preocupada com intenções nucleares da Coreia do Norte
"Já ontem a parte chinesa cooperou com a Rússia no âmbito da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ). Votamos a favor do nosso projeto. Acreditamos que nossa posição e atitudes são bastante lógicas e argumentadas. Ao mesmo tempo, tomamos em atenção que, no Conselho da Segurança da ONU, quando discutimos os lançamentos de mísseis norte-coreanos, nós também defendemos conjuntamente a resolução pacífica através do diálogo", declarou o ministro durante o encontro com seu homólogo russo, Sergei Lavrov.

"Temos seguido esse rumo firme, apesar da situação internacional complicada. Junto com nossos parceiros russos, estamos dispostos a fortalecer a interação estratégica, envidar esforços para estabelecer a estabilidade internacional, resolver os conflitos através de meios políticos", afirmou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала