- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Urgência da Reforma Trabalhista é rejeitada na Câmara

© Fábio Pozzebom/Agência BrasilCâmara dos deputados
Câmara dos deputados - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo não conseguiu aprovar o requerimento de urgência da Reforma Trabalhista na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (18).

Carteira de Trabalho e Previdência Social - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Diretor da OIT alerta que Reforma Trabalhista pode trazer problemas ao Brasil
Pedido de urgência da análise da Reforma Trabalhista precisava de 257 votos para ser aprovado, conseguindo apenas 230 votos favoráveis. 

De acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a aprovação do pedido de urgência anteciparia a votação do projeto na comissão especial para a próxima terça (25) e seria votada em plenário na quarta-feira (26). 

Com a rejeição do requerimento, está mantido o prazo para emendas ao projeto da Reforma Trabalhista, que termina na semana que vem.  

​Em um dos momentos marcantes da sessão, Rodrigo Maia se levantou da cadeira de presidente da Câmara, que foi ocupada por alguns instantes pela deputada do PSOL, Luiza Erundina, contrária à Reforma Trabalhista. Ela aproveitou o lugar ao microfone e deu prosseguimento à sessão: "Com a palavra, o deputado Rogério Marinho, relator dessa desgraça de projeto". 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала