Ameaça de terrorismo nos EUA está pior que antes dos ataques de 11 de Setembro

Nos siga noTelegram
O nível de ameaça terrorista para os Estados Unidos é maior do que antes dos ataques de 11 de setembro, disse o secretário de Segurança Interna.

Tropas de elite da divisão de contraterrorismo do Iraque se preparam para retomar Fallujah das mãos do Daesh (29 de maio de 2016) - Sputnik Brasil
Guerra dos EUA contra terrorismo: 'uma matriz de mentiras e engano'
O terrorismo representa uma ameaça maior aos Estados Unidos neste momento do que antes dos atentados de 11 de setembro de 2001, disse o secretário de Segurança Interna, John Kelly, em discurso na Universidade George Washington nesta terça-feira.

"A ameaça para nossa nação, nosso estilo de vida americano não diminuiu", afirmou Kelly. "Na verdade, a ameaça tem se espalhado e descentralizado, o risco está nos ameaçando hoje de uma forma que é pior do que experimentamos há 16 anos, no 11 de setembro".

Kelly disse que o FBI abriu investigações relacionadas a terrorismo em todos os 50 estados dos EUA e houve 37 células ligadas ao Daesh (autodenominado Estado Islâmico, proibido na Rússia) em todo o país desde 2011.

Além disso, houve 36 casos de terrorismo "caseiro" em 18 estados dos EUA no último ano, disse ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала