Como Ucrânia pode desistir da ideia de recuperar a Crimeia

© Sputnik / Taras Litvinenko / Abrir o banco de imagensCrimeia
Crimeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A iniciativa do ministro da Justiça ucraniano, Pavel Petrenko, de abolir todas as leis aprovadas no período soviético significa que a lei sobre a entrega da península pela República Socialista Soviética da Rússia à República Socialista Soviética da Ucrânia em 1954 também será abolida.

Esta é a opinião de Viktor Medvedchuk, líder do movimento Ukrainsky Vibor (Escolha Ucraniana, em português).

"Interessante, será que o ministro ucraniano abdica de modo consciente da soberania ucraniana da Crimeia ou ele faz isso sem pensar?", escreveu Medvedchuk no seu blogue.

Mapa político mostrando Crimeia como parte da Federação Rússa - Sputnik Brasil
Segundo manual alemão, Crimeia é parte da Rússia
Medvedchuk acrescentou que o comportamento do ministro Petrenko é compreensível: ele não sabe tratar dos assuntos e tenta se mostrar como progressista, (ou seja, fervoroso anticomunista), e, por isso, não se dá conta a que pode levar o desejo de banir tudo o que de qualquer maneira está ligado à época soviética. "Mas para isso não são necessárias capacidades especiais", disse.

No passado 12 de abril, Pavel Petrenko propôs um projeto de lei que abole toda a legislação adotada nos tempos da União Soviética, ou seja, até 1991. Segundo ele, a iniciativa será debatida no parlamento ucraniano já em maio deste ano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала