'Mein Kampf' volta ao programa escolar no Japão

© REUTERS / Fabrizio BenschUma cópia do livro de Adolf Hitler "Mein Kampf" de 1940, Berlim, Alemanha, 16 de dezembro de 2015
Uma cópia do livro de Adolf Hitler Mein Kampf de 1940, Berlim, Alemanha, 16 de dezembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Governo do Japão vai permitir que o polêmico livro de Adolf Hitler, Mein Kampf ("A Minha Luta"), entre na lista de materiais didáticos nas escolas no país, informa o jornal The Japan Times. A obra autobiográfica do ditador alemão é proibida em vários países por ter um caráter extremista e antissemita.

Different editions of Adolf Hitler's Mein Kampf are on display at the Institute for Contemporary History in Munich - Sputnik Brasil
'Mein Kampf' volta a ser best-seller na Alemanha
A decisão foi aprovada na sexta-feira (14) durante uma reunião do gabinete. Respondendo às perguntas da oposição, os ministros afirmam que a utilização do livro do ditador alemão corresponde ao "espírito da lei do ensino básico".

Entretanto, se o livro for usado para promover a discriminação racial, haverá uma resposta rigorosa, acrescentaram os representantes das autoridades.

No início deste mês, o governo japonês decidiu permitir usar o "Rescripto Imperial sobre a Educação", decreto sobre o patriotismo do século XIX que, segundo especialistas, desempenhou um papel fundamental na entrada do Japão na Segunda Guerra Mundial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала