Quais são as diferenças entre Rex Tillerson e John Kerry? Diplomata russo responde

© AP Photo / Alexander ZemlianichenkoO secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ouve o ministro russo das Relações Exteriores, Sergey Lavrov.
O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ouve o ministro russo das Relações Exteriores, Sergey Lavrov. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, é um "brilhante negociador" com "forte carisma" e está muito à frente de seu antecessor, John Kerry, disse à Sputnik um diplomata russo anônimo que acompanhou a visita da autoridade americana a Moscou.

Durante sua primeira reunião em Moscou, Lavrov e Tillerson conseguiram transmitir a sua visão das relações bilaterais e das principais questões internacionais.

"[Tillerson] tem uma personalidade forte. Ele não gosta de se envolver muito com a imprensa, mas é um negociador brilhante e muito carismático também", disse a fonte ao Sputnik, acrescentando que o ex-diplomata norte-americano, John Kerry, não é páreo para seu sucessor.

Presidente e CEO da ExxonMobil, Rex Tillerson, falando na Conferência Mundial do Gás em Paris, 2 de junho de 2015 - Sputnik Brasil
Posição dura ou mera tática: O que esperar do novo secretário de Estado dos EUA?
Ele também elogiou Rex Tillerson por estar "muito à altura" sobre os assuntos em questão. O secretário foi CEO da maior empresa de petróleo do mundo, a ExxonMobil, por mais de uma década.

Durante as suas reuniões com o ministro das Relações Exteriores Sergei Lavrov e depois com o presidente Vladimir Putin,  o secretário discutiu os laços bilaterais, métodos de combate ao Daesh (autodenominado Estado Islâmico) e outros grupos terroristas na Síria, a resolução do conflitos sírio, israelo-palestino, iemenita, líbio e afegão, a situação na Península da Coreia bem como a da Ucrânia.

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson e o ministro russo das Relações Exteriores, Sergey Lavrov, agitam as mãos antes de suas conversações em Moscou, Rússia, quarta-feira, 12 de abril de 2017. As conversas de Tillerson em Moscou dependem da nova alavancagem dos EUA sobre a Síria. - Sputnik Brasil
Imprensa Ocidental: divergências continuam após a visita de Tillerson a Moscou
Após as tratativas com Lavrov, os ministros disseram que outras questões discutidas incluíram o estado atual das relações russo-americanas, cooperação política internacional, cibersegurança, desarmamento e terrorismo internacional.

Ambas as partes afirmaram que o encontro foi construtivo, pois conseguiram se informar sobre suas opiniões sobre as relações bilaterais e os grandes problemas internacionais. Lavrov, em particular, disse que Moscou viu com bons olhos a prontidão dos Estados Unidos em apoiar uma investigação internacional dos acontecimentos de 4 de abril em Idlib.

Tillerson, por sua vez, disse que Washington e Moscou concordaram que deveria haver mais comunicação de alto nível entre os dois países.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала