Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

A agressão dos EUA muitas vezes se inicia com ataques com mísseis Tomahawk

© AFP 2021 / HO/US NAVY/Christopher SENENKODestróier de mísseis guiados USS Porter (DDG 78) lançando o míssil Tomahawk (TLAM)
Destróier de mísseis guiados USS Porter (DDG 78) lançando o míssil Tomahawk (TLAM) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ministério da Defesa russo criticou a suposta "eficiência" do ataque dos EUA contra a base aérea da Síria.

O especialista russo Dmitry Drozdenko sublinhou ao serviço russo da Rádio Sputnik que a agressão dos EUA já foi muitas vezes iniciada com ataques de Tomahawks.

O representante oficial do ministério, Igor Konashenkov, disse que as declarações em questão foram feitas para o público americano e não para os profissionais.

Anteriormente, o ministério comunicou que de todos os 59 mísseis de cruzeiro Tomahawk apenas 23 atingiram o aeródromo. Não se sabe onde caíram os outros. Konashenkov sublinha que todos os alvos eram construções grandes localizadas num palmo de terra pequeno.

Nesta imagem fornecida pela Marinha dos Estados Unidos, o destrutor de mísseis guiados USS Porter (DDG 78) lança um míssil de ataque de terra tomahawk no Mar Mediterrâneo, sexta-feira, 7 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Para onde voarão em seguida os novos Tomahawk dos EUA?
O representante oficial do ministério da Defesa russo pensa que os EUA fizeram isso para enfraquecer o potencial de combate do exército sírio, que está realizando operações bem-sucedidos contra os grupos terroristas Daesh e Frente al-Nusra (ambos proibidos na Rússia e muitos outros países).

Dmitry Drozdenko, editor-chefe adjunto da revista Arsenal Otechestva, também manifestou seu espanto pela imprecisão deste ataque. Ele lembrou que o Tomahawk é uma arma bastante séria e a agressão dos EUA muitas vezes foi iniciada usando especificamente esta arma e que os ataques anteriores foram muito precisos.

O especialista disse que neste caso o exército sírio podia ter usado meios de guerra eletrônica para confundir os mísseis dos EUA.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала