Senadores dos EUA querem criar tribunal para a guerra na Síria

Nos siga noTelegram
Senadores norte-americanos apresentaram um projeto de lei que propõe a criação de um "tribunal híbrido" sobre a Síria.

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, fala sobre questões relacionadas com vistos e viagens depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, assinou uma nova ordem de proibição de viagens em Washington, EUA, em 6 de março de 2017. - Sputnik Brasil
Tillerson diz que ficou 'desapontado' com resposta da Rússia aos ataques dos EUA na Síria
"O tribunal híbrido significa que o tribunal criminal, que irá incluir advogados locais e estrangeiros, juízes e outros profissionais que irão julgar os suspeitos de crimes de guerra, crimes contra a humanidade ou genocídio", diz o documento intitulado de "Lei de responsabilidade pelos crimes de guerra na Síria 2017 Síria".

Como explicado por um dos autores do projeto de lei, o senador Marco Rubio, a iniciativa é "garantir a responsabilização por violações dos direitos humanos contra sírios inocentes".

Os autores do documento, incluindo representantes de ambas as partes, sugerem que a secretária de Estado dos EUA, juntamente com outras agências federais estudem a possibilidade de criar "uma possível transição de um mecanismo legal para a Síria (incluindo um tribunal híbrido)". O projeto de lei também forneceria apoio a entidades que executam funções, tais como a procura de suspeitos de crimes de guerra, crimes contra a humanidade, genocídio, protecção das testemunhas, etc. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала