Portão de Brandemburgo se ilumina com as cores da Rússia sem autorização de autoridades

Nos siga noTelegram
Um dos símbolos de Berlim – o Portão de Brandemburgo – foi iluminado com cores da bandeira russa como um sinal de solidariedade pela tragédia no metrô de São Petersburgo sem autorização das autoridades alemãs.

Na página do Partido Nacional Democrata da Alemanha no Facebook surgiu um vídeo da ação em questão, comunica a edição russa Lenta.

"Se as autoridades de Berlim não querem mostrar solidariedade pela tragédia no metrô de São Petersburgo, nós faremos isso", se lê na publicação ultranacionalista.

Akbarzhon Dzhalilov, autor do atentado no metrô de São Petersburgo em 3 de abril de 2017, foto das redes sociais - Sputnik Brasil
9 fatos sobre o principal suspeito do atentado no metrô de São Petersburgo
As autoridades da Alemanha decidiram não iluminar o Portão de Brandemburgo como um sinal de solidariedade com as vítimas do atentado terrorista no metrô de São Petersburgo, mas anteriormente fizeram isso por várias vezes quando aconteceram atentados em outros países da Europa.

A explosão no metrô de São Petersburgo ocorreu no dia 3 de abril no terceiro vagão de um trem entre as estações Sennaya Ploshchad e Teknnologichesky Institut, na linha azul. A explosão resultou em 14 mortos e 49 feridos. O Comitê de Investigação da Rússia abriu um processo penal por terrorismo, mas indicou que está analisando também outras hipóteses.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала