Fantasmas da época soviética

Nos siga noTelegram
A Sputnik partilha fotografias de lugares e cidades da época soviética. Há algum tempo eles estavam vivos.

Atualmente estão abandonados, desertos.  Parece que estão congelados no tempo. Lembram fantasmas.

© Sputnik / RedkinPovoado urbanizado Pedras Petroleiras no mar Cáspio. Foi construído sobre estacadas metálicas em 1949 devido ao início de exploração de petróleo perto das Pedras Negras – um cume que sobressai do mar.
Povoado urbanizado Pedras Petroleiras no mar Cáspio. Foi construído sobre estacadas metálicas em 1949 devido ao início de exploração de petróleo perto das Pedras Negras – um cume que sobressai do mar - Sputnik Brasil
1/14
Povoado urbanizado Pedras Petroleiras no mar Cáspio. Foi construído sobre estacadas metálicas em 1949 devido ao início de exploração de petróleo perto das Pedras Negras – um cume que sobressai do mar.
© Fotolia / Stephan LaudeCidade militar de Krampnitz. De 1945 a 1992 aí se localizava uma base militar do Exército Soviético. Em 1992, a cidade foi abandonada.
Cidade militar de Krampnitz. De 1945 a 1992 aí se localizava uma base militar do Exército Soviético. Em 1992, a cidade foi abandonada - Sputnik Brasil
2/14
Cidade militar de Krampnitz. De 1945 a 1992 aí se localizava uma base militar do Exército Soviético. Em 1992, a cidade foi abandonada.
© Sputnik / Yuri KuydinCarcaça de navio de pesca numa área do mar de Aral que secou.
Carcaça de navio de pesca numa área do mar de Aral que secou - Sputnik Brasil
3/14
Carcaça de navio de pesca numa área do mar de Aral que secou.
© Foto / Public domainRadiotelescópio RT-32 localizado na cidade de Ventspils, Letônia. O Centro Internacional de Radioastronomia de Ventspils foi construído em 1971, perto do mar Báltico, pelas tropas soviéticas como estação de inteligência espacial Zvezda (Estrela, também conhecida como Zvezdochka – Estrelinha). Depois da retirada das tropas soviéticas em 1994, está sob controle da Academia de Ciências da Letônia.
Radiotelescópio RT-32 localizado na cidade de Ventspils, Letônia. O Centro Internacional de Radioastronomia de Ventspils foi construído em 1971, perto do mar Báltico, pelas tropas soviéticas como estação de inteligência espacial Zvezda (Estrela, também conhecida como Zvezdochka – Estrelinha). Depois da retirada das tropas soviéticas em 1994, está sob controle da Academia de Ciências da Letônia - Sputnik Brasil
4/14
Radiotelescópio RT-32 localizado na cidade de Ventspils, Letônia. O Centro Internacional de Radioastronomia de Ventspils foi construído em 1971, perto do mar Báltico, pelas tropas soviéticas como estação de inteligência espacial Zvezda (Estrela, também conhecida como Zvezdochka – Estrelinha). Depois da retirada das tropas soviéticas em 1994, está sob controle da Academia de Ciências da Letônia.
© Sputnik / Vasiliy BatanovCerimônia solene de abertura da exposição dedicada ao 50º aniversário da 14ª divisão de submarinos em Sevastopol.
Cerimônia solene de abertura da exposição dedicada ao 50º aniversário da 14ª divisão de submarinos em Sevastopol - Sputnik Brasil
5/14
Cerimônia solene de abertura da exposição dedicada ao 50º aniversário da 14ª divisão de submarinos em Sevastopol.
© Sputnik / Alexey VovkZona de Alienação da Usina Nuclear de Chernobyl (zona de exclusão ao redor do local do desastre nuclear de Chernobyl, cidade de Pripyat, Ucrânia).
Zona de Alienação da Usina Nuclear de Chernobyl (zona de exclusão ao redor do local do desastre nuclear de Chernobyl, cidade de Pripyat, Ucrânia) - Sputnik Brasil
6/14
Zona de Alienação da Usina Nuclear de Chernobyl (zona de exclusão ao redor do local do desastre nuclear de Chernobyl, cidade de Pripyat, Ucrânia).
© Fotolia / Anna SilantevaO povoado abandonado Piramida na ilha de Spitsbergen Ocidental do arquipélago de Svalbard, localizado entre os mares da Noruega e de Barents.
O povoado abandonado Piramida na ilha de Spitsbergen Ocidental do arquipélago de Svalbard, localizado entre os mares da Noruega e de Barents - Sputnik Brasil
7/14
O povoado abandonado Piramida na ilha de Spitsbergen Ocidental do arquipélago de Svalbard, localizado entre os mares da Noruega e de Barents.
© Sputnik / StringerAntena da estação de radar desativada Duga-1 nos arredores de Chernobyl. A União Soviética a usava como sistema de detecção de lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais.
Antena da estação de radar desativada Duga-1 nos arredores de Chernobyl. A União Soviética a usava como sistema de detecção de lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais - Sputnik Brasil
8/14
Antena da estação de radar desativada Duga-1 nos arredores de Chernobyl. A União Soviética a usava como sistema de detecção de lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais.
© Fotolia / Tilo GrellmannPiscina abandonada em Wunsdorf, Alemanha. Aqui se localizava o quartel-general do comando do Grupo de Tropas Soviéticas na Alemanha nos anos 1945-1994.
Piscina abandonada em Wunsdorf, Alemanha. Aqui se localizava o quartel-general do comando do Grupo de Tropas Soviéticas na Alemanha nos anos 1945-1994 - Sputnik Brasil
9/14
Piscina abandonada em Wunsdorf, Alemanha. Aqui se localizava o quartel-general do comando do Grupo de Tropas Soviéticas na Alemanha nos anos 1945-1994.
© Sputnik / A. VarfolomeevPoço Superprofundo de Kola é o mais profundo no mundo. Ele é o resultado de um projeto de prospecção científica da extinta União Soviética. O projeto tentava perfurar a crosta terrestre o mais profundo possível. A prospecção teve início em 24 de maio de 1970 na península de Kola.
Poço Superprofundo de Kola é o mais profundo no mundo. Ele é o resultado de um projeto de prospecção científica da extinta União Soviética. O projeto tentava perfurar a crosta terrestre o mais profundo possível. A prospecção teve início em 24 de maio de 1970 na península de Kola - Sputnik Brasil
10/14
Poço Superprofundo de Kola é o mais profundo no mundo. Ele é o resultado de um projeto de prospecção científica da extinta União Soviética. O projeto tentava perfurar a crosta terrestre o mais profundo possível. A prospecção teve início em 24 de maio de 1970 na península de Kola.
© Sputnik / A. SolomonovInstalação de física nuclear – o acelerador de prótons no Instituto da Física de Altas Energias na cidade de Protvino, Rússia.
Instalação de física nuclear – o acelerador de prótons no Instituto da Física de Altas Energias  na cidade de Protvino, Rússia - Sputnik Brasil
11/14
Instalação de física nuclear – o acelerador de prótons no Instituto da Física de Altas Energias na cidade de Protvino, Rússia.
© Sputnik / Oksana DzhadanEdifício abandonado no território da antiga cidade militar soviética Skrunda-1 nos arredores de Riga, Letônia. A empresa russa Alekseevskoe Servis comprou essa cidade militar em leilão por três milhões de dólares (milhões de R$ 9,285).
Edifício abandonado no território da antiga cidade militar soviética Skrunda-1 nos arredores de Riga, Letônia. A empresa russa Alekseevskoe Servis comprou essa cidade militar em leilão por três milhões de dólares (milhões de R$ 9,285) - Sputnik Brasil
12/14
Edifício abandonado no território da antiga cidade militar soviética Skrunda-1 nos arredores de Riga, Letônia. A empresa russa Alekseevskoe Servis comprou essa cidade militar em leilão por três milhões de dólares (milhões de R$ 9,285).
© Fotolia / Roman RobroekA casa-monumento no pico do monte de Buzludzha (Cordilheira dos Bálcãs), que se localiza na Bulgária, foi construída nos anos de 1980 em homenagem do Partido Comunista Búlgaro. Até este momento ela foi completamente saqueada.
A casa-monumento no pico do monte de Buzludzha (Cordilheira dos Bálcãs), que se localiza na Bulgária, foi construída nos anos de 1980 em homenagem do Partido Comunista Búlgaro. Até este momento ela foi completamente saqueada - Sputnik Brasil
13/14
A casa-monumento no pico do monte de Buzludzha (Cordilheira dos Bálcãs), que se localiza na Bulgária, foi construída nos anos de 1980 em homenagem do Partido Comunista Búlgaro. Até este momento ela foi completamente saqueada.
© Sputnik / Iliya PitalevCampo de pioneiros Cosmódromo de Yury Gagarin abandonado no povoado de Vyartsilya, República da Carélia, Rússia.
Campo de pioneiros Cosmódromo de Yury Gagarin abandonado no povoado de Vyartsilya, República da Carélia, Rússia - Sputnik Brasil
14/14
Campo de pioneiros Cosmódromo de Yury Gagarin abandonado no povoado de Vyartsilya, República da Carélia, Rússia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала