De Sochi a Wellington, a semana ilustrada que ainda nem acabou

Nos siga noTelegram
Confira a galeria que a Sputnik preparou com algumas das imagens capturadas ao longo da última semana de março em diferentes partes do mundo, da Rússia à Nova Zelândia, com direto a paradas nos EUA, Iraque, China e Japão, entre outros.
© Sputnik / Alexey FilippovGoleiro da seleção russa de futebol, Igor Akinfeev, durante confronto com a Bélgica em Sochi (3 a 3), em 28 de março de 2017.
Goleiro da seleção russa de futebol, Igor Akinfeev, durante confronto com a Bélgica em Sochi (3 a 3), em 28 de março - Sputnik Brasil
1/10
Goleiro da seleção russa de futebol, Igor Akinfeev, durante confronto com a Bélgica em Sochi (3 a 3), em 28 de março de 2017.
© AP Photo / LM OteroDançarinas do Dallas Mavericks em ação durante uma partida da NBA no Texas, EUA, em 27 de março.
Dançarinas do Dallas Mavericks em ação durante uma partida da NBA no Texas, EUA, em 27 de março - Sputnik Brasil
2/10
Dançarinas do Dallas Mavericks em ação durante uma partida da NBA no Texas, EUA, em 27 de março.
© Sputnik / Alex McNaughtonCoelho protesta em Londres contra a saída do Reino Unido da União Europeia, em 29 de março de 2017.
Coelho protesta em Londres contra a saída do Reino Unido da União Europeia, em 29 de março - Sputnik Brasil
3/10
Coelho protesta em Londres contra a saída do Reino Unido da União Europeia, em 29 de março de 2017.
© AFP 2022 / Jung Yeon-JeModelos da Nissan antes da abertura do Salão do Automóvel de Seul, na Coreia do Sul, em 30 de março.
Modelos da Nissan antes da abertura do Salão do Automóvel de Seul, na Coreia do Sul, em 30 de março - Sputnik Brasil
4/10
Modelos da Nissan antes da abertura do Salão do Automóvel de Seul, na Coreia do Sul, em 30 de março.
© REUTERS / Mussa QawasmaPalestinos tentam remover parte da cerca israelense durante um protesto na Cisjordânia, em 30 de março. Cidade de Bet-Jalla.
Palestinos tentam remover parte da cerca israelense durante um protesto na Cisjordânia, em 30 de março - Sputnik Brasil
5/10
Palestinos tentam remover parte da cerca israelense durante um protesto na Cisjordânia, em 30 de março. Cidade de Bet-Jalla.
© REUTERS / Khaled AbdullahManifestante participando de protesto contra dois anos de ataques da coalizão liderada pela Arábia Saudita no Iêmen. Sanaa, 26 de março de 2017.
Manifestante participando de protesto contra dois anos de ataques da coalizão liderada pela Arábia Saudita no Iêmen. Sanaa, 26 de março - Sputnik Brasil
6/10
Manifestante participando de protesto contra dois anos de ataques da coalizão liderada pela Arábia Saudita no Iêmen. Sanaa, 26 de março de 2017.
© REUTERS / Issei KatoJaponesas comemoram a chegada da primavera tirando selfies em um parque de Tóquio, em 29 de março de 2017.
Japonesas comemoram a chegada da primavera tirando selfies em um parque de Tóquio, em 29 de março - Sputnik Brasil
7/10
Japonesas comemoram a chegada da primavera tirando selfies em um parque de Tóquio, em 29 de março de 2017.
© AFP 2022 / Fred DufourChineses demonstram excentricidade durante passeio pelas ruas de Pequim, em 27 de março de 2017.
Chineses demonstram excentricidade durante passeio pelas ruas de Pequim, em 27 de março - Sputnik Brasil
8/10
Chineses demonstram excentricidade durante passeio pelas ruas de Pequim, em 27 de março de 2017.
© REUTERS / Suhaib SalemCrianças iraquianas que tiveram que abandonar suas casas por conta da guerra estudam em um alojamento de Hammam al-Alil, ao sul de Mossul, em 29 de março de 2017.
Crianças iraquianas que tiveram que abandonar suas casas por conta da guerra estudam em um alojamento de Hammam al-Alil, ao sul de Mossul, em 29 de março - Sputnik Brasil
9/10
Crianças iraquianas que tiveram que abandonar suas casas por conta da guerra estudam em um alojamento de Hammam al-Alil, ao sul de Mossul, em 29 de março de 2017.
© REUTERS / Anthony PhelpsO primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, recebe um cumprimento maori do professor Piri Sciascia em Wellington, Nova Zelândia, em 27 de março de 2017.
O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, recebe um cumprimento maori do professor Piri Sciascia em Wellington, Nova Zelândia, em 27 de março - Sputnik Brasil
10/10
O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, recebe um cumprimento maori do professor Piri Sciascia em Wellington, Nova Zelândia, em 27 de março de 2017.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала