- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Comissão especial na Câmara entra na reta final de discussão da Reforma da Previdência

© Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilComissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara durante audiência para esclarecer a proposta
Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara durante audiência para esclarecer a proposta - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A comissão especial da reforma da Previdência na Câmara entra nesta semana na fase final de audiências públicas antes da conclusão dos trabalhos pelo relator deputado Arthur Maia (PPS-BA).

Michel Temer fala sobre a proposta de reforma da Previdência em pronunciamento à imprensa - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Governo recua e exclui servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência
De acordo com presidente do colegiado, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), a previsão do calendário de trabalho da comissão é a de que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles seja o último a falar, em audiência marcada para quinta-feira (30).

No entanto, deputados da oposição solicitaram a presença de um outro convidado para fazer um contraponto aos argumentos do governo para as mudanças na Previdência do país. O escolhido foi o professor da Unicamp, Marcio Pochmann, que vai falar na quarta-feira (29).

Os deputados querem aproveitar a presença do ministro Meirelles para tirar todas as dúvidas sobre a reforma e já pediram ao presidente Carlos Marun que lhe repasse alguns questionamentos para que o ministro possa responder na audiência.

O deputado Pepe Vargas (PT-RS), por exemplo, quer que Henrique Meirelles detalhe os argumentos sobre os futuros resultados da Previdência Social para explicar a necessidade da reforma.

"Todos os técnicos que nos assessoram nos dizem o seguinte: sem a memória de cálculo não tem como replicar o modelo. Como é que nós vamos votar uma proposta que apresenta que vai ter uma explosão de gastos no futuro com um modelo de projeção de longo prazo sem transparência nenhuma?"  

O deputado Marcos Pestana (PSDB-MG) quer explicações do governo sobre qual será a economia de gastos que terá cada medida da reforma da Previdência.

"Seria importante que o Ministério da Fazenda trouxesse, e eu não me recordo de ter sido exposto, o impacto de ajuste esperado por cada medida principal. Isso é importante para a gente entender como que o buraco (está); a cada medida, qual é a precificação dela, qual é o ajuste." 

Já a preocupação do deputado Major Olímpio (SD-SP) gira em torno de qual será o efeito para o setor público em relação a retirada dos servidores estaduais e municipais da reforma.

Nesta terça-feira (28), às 14h será realizada ainda uma audiência pública para falar sobre os impactos da reforma no orlamento público, no mercado de trabalho e na economia do país. O encontro vai contar com a participação dos economistas Marcos Lisboa, presidente do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), a professora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise Gentil, o superintendente da Área de Planejamento e Pesquisa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fabio Giambiagi, além do Juiz Federal do 11º Juizado Especial do Rio de Janeiro, Victor Roberto de Souza, representando a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).

A reforma da Previdência já recebeu mais de 100 emendas. O relator da comissão deputado Arthur Maia, pretende colocar a proposta em votação no colegiado ainda em abril para que a votação em plenário seja concluída até maio. 


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала