Forças Democráticas da Síria negam alegações de danos na barragem de Tabqa

Nos siga noTelegram
As Forças Democráticas da Síria (SDF, na sigla em inglês) refutaram na segunda-feira os relatos da mídia sobre a represa de Tabqa, parcialmente em colapso como resultado de ataques aéreos ou bombardeios.

"Nós somos muito cuidadosos para que a represa do Eufrates não seja danificada durante a operação para libertá-la [dos terroristas do Daesh]. No entanto, a força aérea internacional da coalizão realiza ataques maciços contra as unidades do Daesh ao redor de Tabqa para garantir a represa", disse o porta-voz oficial do SDF em um comunicado obtido pelo Sputnik.

An unloaded Twitter website is seen on a phone without an internet connection, in front of a displayed ISIS flag in this photo illustration in Zenica, Bosnia and Herzegovina, February 3, 2016 - Sputnik Brasil
Daesh ordena evacuação de Tabqa após alerta de rompimento da maior represa da Síria
Mais cedo, a mídia local informou que a represa entrou em colapso como resultado do combate entre unidades armadas das SDF e militantes do Daesh perto da cidade de Raqqa.

A represa de Tabqa, que funciona principalmente como uma usina hidrelétrica, é a maior represa na Síria. De acordo com relatos da mídia, o serviço estava suspenso depois que seu centro de controle foi danificado pelo que poderia ter sido um ataque aéreo ou bombardeio, com especialistas técnicos não podendo chegar ao local devido à contínua luta na área.

No domingo, as SDF expulsou os militantes de Daesh do aeroporto militar localizado perto da cidade de Tabqa. A cidade é a última grande fortaleza de Daesh a caminho de Raqqa, que serve como a capital dos terroristas do Daesh na Síria desde que foi capturada em 2013.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала