Comida para fortes: grilos, cupins e outros insetos que salvam da fome

© AFP 2022 / FABRICE COFFRINI Uma pizza com insetos, foto de arquivo
Uma pizza com insetos, foto de arquivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O número da população global até 2050 poderá atingir os 10 bilhões, de acordo com especialistas. O aumento da população aumenta a demanda por comida e os pesquisadores aconselham acrescentar grilos, cupins e outros insetos ao menu.

Uma mulher segurando um bebê espera por comida em um campo para desabrigados perto de Mogadíscio, Somália (Arquivo) - Sputnik Brasil
Somália: 110 morreram de fome nas últimas 48 horas
Hoje, cerca de 800 milhões de pessoas por todo o mundo vivem em situação de fome. Nas entrevistas recentes à Sputnik, Rim Nada, representante regional do Programa Alimentar Mundial (WFP na sigla em inglês), revelou que por volta de cinco milhões de pessoas do Sudão estão agora sofrendo de fome, e seu número vai aumentar até 5,5 milhões durante o período de seca. Somália e Nigéria também sofrem com falta de comida.

A medida que possa resolver o problema da fome sem afetar o ambiente é procurada pelos governos de todo o mundo, tendo em conta que o aquecimento global influencia o clima no planeta e causa problemas para a agricultura.

Por isso, agora os cientistas estão tentando convencer as pessoas a comer grilos, cupins, leite sintético e algas.

"Até 2050, o mundo precisa aumentar pelo menos em 70% a produção agrícola. E a África tem o maior potencial para alcançar esta percentagem", disse Agnes Kalibata da Aliança para a Revolução Verde em África (AGRA na sigla em inglês).

Um mercado em Moscou - Sputnik Brasil
ONU: 800 milhões de pessoas passam fome em todo o mundo
Esta não é a primeira vez que os pesquisadores propõem comer insetos.

Em 2013, um grupo de cientistas da Universidade McGill em Montreal venceu o prémio Hult por produzir uma farinha de insetos rica em proteína.

Pesquisadores revelaram já uma lista de 100 insetos comestíveis. Por exemplo, as lagartas secas podem ser conservadas durante vários meses sem serem congeladas, por isso elas são uma fonte de nutrição útil nos tempos magros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала