Quatorze países da OEA pediram por eleições na Venezuela

© AFP 2022 / Juan BarretoOEA suspensão Venezuela
OEA suspensão Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Governos de catorze países da Organização dos Estados Americanos (OEA) emitiram uma declaração conjunta pedindo ao Governo da Venezuela a libertação dos presos políticos e a divulgação de um prazo para a realização das eleições regionais, informou nesta quinta-feira o Ministério das Relações Exteriores do México em um comunicado.

Nicolas Maduro - Sputnik Brasil
Maduro acusa EUA de pressionar governos para apoiar interferência na Venezuela
"Consideramos urgente que se trate de maneira prioritária a libertação dos presos políticos, se reconheça a legitimidade das decisões da Assembleia Nacional, conforme a letra da Constituição, e que se estabeleça um calendário eleitoral, incluindo as eleições adiadas", diz o comunicado divulgado pela Secretaria de Relações Exteriores do México à imprensa estrangeira.

A declaração foi assinada pelos governos da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.

Os governos desses países afirmaram ter recebido o relatório sobre a Venezuela, de autoria do Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, e prometeram “avaliar cuidadosamente o documento”, de modo a estabelecer um plano de ações sobre o tema no âmbito da organização.

"Apesar disso, acreditamos que a suspensão de um membro, segundo a Carta Democrática Interamericana, é o último recurso. Antes desse tipo de decisão, todos os esforços diplomáticos, dentro de um prazo razoável, devem ser esgotados", concluiu o comunicado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала