Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Nunes: comunicações pessoais de Trump podem ter sido coletadas

© AP Photo / J. Scott ApplewhiteDeputado republicano Devin Nunes, presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos representantes dos EUA, durante conversa com jornalistas sobre as investigações em curso
Deputado republicano Devin Nunes, presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos representantes dos EUA, durante conversa com jornalistas sobre as investigações em curso - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes dos EUA, Devin Nunes, disse nesta quarta-feira que as comunicações pessoais do presidente Donald Trump podem ter sido coletadas por investigadores.

Presidente dos EUA, Donald Trump, conversa por telefone com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, na Sala Oval da Casa Branca, em 28 de janeiro de 2017 - Sputnik Brasil
Envolvimento de Trump com Rússia: 'Não há evidências'
Em coletiva de imprensa, Nunes afirmou ter descoberto uma possível vigilância direta sobre o chefe de Estado enquanto revisava relatórios da inteligência, mas acrescentou que nada nessa vigilância indicava ligação com as investigações relacionadas à Rússia. 

"Essa é uma coleta normal, incidental, pelo que eu pude investigar", disse o deputado, citado pela CNN. "Parece que essa foi toda a inteligência estrangeira coletada legalmente" sob a Lei de Vigilância de Inteligência Estrangeira. 

Devin Nunes está liderando o comitê que investiga a alegada interferência de Moscou na eleição presidencial dos Estados Unidos, realizada em novembro passado, e possíveis laços entre o Kremlin e o atual chefe de Estado dos EUA, que, há duas semanas, afirmou ter sido espionado pelo ex-presidente Barack Obama.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала