Trump receberá o primeiro encontro da coalizão militar contra Daesh

© AFP 2022 / US NAVY / MC2 JACOB G. SISCOAvião da coalizão internacional liderada pelos EUA
Avião da coalizão internacional liderada pelos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ministros das Relações Exteriores de 68 países se reunirão nesta quarta-feira em Washington para chegar a um acordo sobre os próximos passos para derrotar o Daesh. Este será o primeiro encontro da coalizão militar liderada pelos EUA desde a eleição do presidente Donald Trump, informou Reuters.

Militares curdos - Sputnik Brasil
Em troca de combater junto com coalizão em Raqqa, curdos receberam certas garantias
A reunião será conduzida pelo Secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson. Trump prometeu fazer da luta contra o Daesh uma prioridade e solicitou ao Pentágono e outras agências, ainda em janeiro, um plano para derrotar o grupo terrorista.

Os jihadistas têm perdido terreno no Iraque e na Síria, com três forças separadas, apoiadas pelos Estados Unidos, Turquia e Rússia, avançando no reduto sírio do grupo de Raqqa.

A reunião é a primeira da coalizão internacional desde que as forças do governo iraquiano, apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos EUA, retomaram várias cidades iraquianas no ano passado e liberaram o leste de Mosul.

Barragem de Tabqa, no rio Eufrates, Síria - Sputnik Brasil
Daesh e ataques da coalizão liderada pelos EUA ameaçam levar dilúvio catastrófico à Síria
O primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, que se reuniu com Trump em Washington na segunda-feira, disse que EUA estavam prontos para acelerar a ajuda no combate ao Daesh.

Na Síria, a coalizão liderada pelos EUA tem trabalhado com uma aliança de milícias curdas e árabes. Seu foco atual é cercar e, em última instância, recapturar Raqqa — base de operações do Daesh na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала