Alemanha chama de 'inaceitável', comparação de presidente turco entre Merkel e o nazismo

© AP Photo / Axel Schmidt,fileTayyip Erdogan e Angela Merkel
Tayyip Erdogan e Angela Merkel - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Alemanha considerou "inaceitável" a comparação do presidente turco Recep Tayyip Erdogan de proibições em vários comícios à era nazista, disse segunda-feira a porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, Ulrike Demmer.

Primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, cumprimenta o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, em Ancara (Arquivo) - Sputnik Brasil
Opinião: crise diplomática entre Turquia e Holanda beneficia Erdogan e premiê holandês
As relações entre Berlim e Ancara tornaram-se tensas depois que o jornalista alemão-turco Deniz Yucel foi preso em Istambul em fevereiro por supostas ligações a uma organização terrorista e propaganda terrorista.

"O governo está observando isso muito de perto e afirmamos que as comparações nazistas são inaceitáveis de qualquer forma", disse Demmer, citando o jornal Hurriyet.

A situação entre as duas nações se deteriorou ainda mais, já que as autoridades de várias cidades alemãs, incluindo Hamburgo e Gaggenau, cancelaram os comícios pré-referendo de Ancara. Uma série de altos funcionários turcos viajaram para participar de comícios entre as comunidades turcas no exterior em seus esforços para garantir o apoio à reforma constitucional que estende poderes presidenciais.

Em resposta às proibições, Erdogan comparou as autoridades alemãs (e mais tarde as autoridades holandesas) aos nazistas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала