China inicia construção de um dos maiores observatórios do mundo

© AFP 2022 / STEPHEN SHAVER Turista inspeciona o New Armilla, um instrumento feito em 1774 , no tempo da dinastia Qing, destinado principalmente a medir o verdadeiro horário solar, bem como a ascensão reta e declinação dos corpos celestes, no antigo Observatório de Pequim, um dos mais antigos do mundo. Pequim, 20 de fevereiro
Turista inspeciona o New Armilla, um instrumento feito em 1774 , no tempo da dinastia Qing, destinado principalmente a medir o verdadeiro horário solar, bem como a ascensão reta e declinação dos corpos celestes, no antigo Observatório de Pequim, um dos mais antigos do mundo. Pequim, 20 de fevereiro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China iniciou a construção de um dos maiores observatórios do mundo destinado a estudar as origens dos raios cósmicos, informou a mídia local na quinta-feira (16).

"Localizado a cerca de 4.410 metros acima do nível do mar nas áreas montanhosas da província de Sichuan, no sudoeste da China, o Observatório de Grande Altitude (LHAASO, sigla em inglês), avaliado em 1,2 bilhões de yuans (US$ 180 milhões, cerca de R$ 570 milhões) irá pesquisar a origem dos raios cósmicos de alta energia para estudar a evolução do universo e os corpos celestes de alta energia, bem como para avançar nas fronteiras da nova física", escreveu o jornal China Daily.

Ilhas Paracel, região disputada no mar do Sul da China - Sputnik Brasil
Pequim reinicia construção em ilhas disputadas no mar do Sul da China
O projeto foi aprovado em dezembro de 2015 pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reformas da China, e deverá estar concluído em janeiro de 2021, acrescentou o jornal.

Os raios cósmicos são partículas de alta energia originários principalmente de fora do Sistema Solar. Supostamente, estes raios são provenientes de explosões de estrelas supernovas e viajam à velocidade da luz antes de atingir a Terra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала