Japão pretende lançar seu primeiro satélite em 2020 para procurar água e areia em Marte

Nos siga noTelegram
O governo do Japão decidiu lançar um satélite pequeniníssimo em 2020 no intuito de estudar o Planeta Vermelho, disse nesta terça-feira (14) o jornal japonês Asahi.

De acordo com a edição, a construção do satélite é realizada com a participação do Instituto Estatal de Tecnologias de Informações e Comunicações e da Universidade de Tóquio. O satélite vai pesar até 100 quilos e será equipado com sensores que buscarão água e oxigênio no ambiente marciano.

Foguete americano Atlas V - Sputnik Brasil
EUA lançam quinto satélite espião
As autoridades japonesas ainda não decidiram com qual foguete o lançamento será efetuado. Caso a iniciativa seja satisfatória, será a primeira vez que o Japão enviará um satélite artificial para orbita de Marte e, com sua ajuda, poderá estudar este planeta, comunica o Asahi.

No ano de 1998, o Japão lançou a Marte a sonda espacial Nozomi, mas seu equipamento apresentou falhas.

Segundo foi comunicado mais cedo, em 2015, no Instituto de Estudos Espaciais e Aeronáutica de Sagamihara, na prefeitura de Kanagawa, foi aberto o Centro de pesquisas extraterrestres. No âmbito da instituição, planeja-se estudar amostras de gelo e da areia marcianos, cuja entrega está marcada para o início da próxima década.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала