Vida em Marte: NASA encontra método para tornar planeta vermelho habitável

Nos siga noTelegram
Pesquisadores da NASA alegam que poderiam implantar em Marte uma blindagem magnética, a fim de melhorar o ambiente e restaurar os oceanos do planeta vermelho. A declaração é do diretor da Divisão de Ciências Planetárias da NASA, Jim Green, durante um seminário científico realizado em Washington.

De acordo com o astrônomo, a criação de um campo magnético poderia facilitar futuras missões humanas ao planeta. O cientista ressaltou que Marte já teve um campo magnético que protegia sua atmosfera, mas que desapareceu cerca de 4,2 bilhões de anos atrás. Durante os seguintes 500 milhões de anos, a atmosfera de Marte foi dispersa no espaço. Assim, tornou-se um planeta frio e inabitável.

Hubble da NASA mostra que Via Láctea tem colisão frontal como seu destino - Sputnik Brasil
NASA anuncia descoberta de sete planetas semelhantes à Terra
Para superar o problema, os cientistas planejam instalar um escudo magnético em Marte no chamado ponto Lagrange L1 de Marte — onde o equilíbrio gravitacional é mantido —, o que formaria uma poderosa magnetosfera artificial em todo o planeta, protegendo o vento solar e a radiação.

"No futuro, é bem possível que uma ou mais estruturas infláveis possam gerar um campo de dipolo magnético a um nível de 1 ou 2 Tesla (10 a 20.000 Gauss) como um escudo ativo contra vento solar", diz um relatório oficial da NASA.

A NASA planeja enviar missões a Marte em 2030. De acordo com os astrônomos, essa proteção poderia ajudar a restaurar os mares e oceanos do Planeta Vermelho, o que contribuiria para a exploração humana.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала