Mais de 30 mortos e 50 feridos em ataque na capital do Afeganistão

© REUTERS / Mohammad IsmailPoliciais afegãos perto do local do atentado em Cabul, Afeganistão
Policiais afegãos perto do local do atentado em Cabul, Afeganistão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mais de 30 pessoas foram mortas depois de um ataque a um hospital militar em Cabul, capital do Afeganistão, comunica o Ministério da Defesa. Mais de 50 pessoas ficaram feridas.

A agência AFP relata que o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e em muitos outros países) se responsabilizou pelo ataque.​

Segundo a Reuters, o hospital fica perto da embaixada norte-americana.

De acordo com a agência Khaama, o incidente ocorreu na área de Wazir Akbar Khan, no norte da cidade. Após a explosão, começou o tiroteio, os rebeldes conseguiram se esconder no edifício do hospital.

Soldado paquistanês em guarda enquanto caminhão entra no Paquistão vindo do Afeganistão, na passagem de fronteira de Torkham - Sputnik Brasil
Em meio a onda de ataques, Paquistão anuncia rápida abertura de fronteira com Afeganistão
Um dos médicos disse à emissora TOLO News, que os combates entre militantes e as forças da segurança foram realizados no terceiro e quarto andares do hospital militar Sardar Mohammed Daoud Khan. De acordo com o canal, há cinco militantes, um deles se explodiu na entrada do hospital, os outros acionaram as bombas – instaladas em seus corpos – dentro do prédio. Testemunhas relatam que militantes estavam vestidos com batas brancas.

Mais tarde, soube-se que os agentes das forças especiais conseguiram eliminar todos os quatro militantes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала