Presença do exército turco em Manbij pode virar um 'Vietnã' ou 'Afeganistão'

© AFP 2022 / Ilyas AkenginMilitares turcos
Militares turcos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Anteriormente o ministro da Defesa da Turquia declarou que a libertação de Manbij é uma prioridade para a Turquia, mas os especialistas pensam que isto é um erro estratégico.

Cidade de Raqqa na Síria - Sputnik Brasil
Mídia: Washington tenciona reforçar seu papel na libertação de Raqqa
Erol Mutercimler, especialista turco na área de estratégia militar, pensa que, ao contrário de Al-Bab, a participação das forças turcas nos combates por Manbij serão um erro estratégico, porque estas ações poderão ser consideradas como "uma ocupação imperialista".

O posicionamento de tropas turcas em Al-Bab, no âmbito da operação Escudo de Eufrates, foi justificada pela aspiração da Turquia de defender sua zona fronteiriça, diz o especialista, mas em Manbij a situação é diferente.

"O ministro da Defesa [da Turquia] fala sobre a ameaça de 'criação de um corredor curdo em Manbij'. Mas a realização de uma operação militar não pode ser justificada por considerações hipotéticas. Neste caso a operação se torna em uma aventura perigosa que será condenada pela comunidade internacional", disse Erol Mutercimler à Sputnik Turquia.

Soldados do Exército sírio da parte de Aleppo libertada dos terroristas, Síria, 5 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
6 povoados perto de Manbij foram entregues ao exército sírio para evitar ataque da Turquia
Falando sobre a libertação da cidade de Raqqa, o especialista assinalou que a questão da participação da Turquia nesta operação nem sequer deve ser discutida, essa participação pode virar um "Vietnã" ou "Afeganistão" para a Turquia.

"É completamente claro que o Exército da Turquia vai se atolar cada vez mais em território sírio. O que acontecerá quando eles avancem demasiado e já não tenham chances de regressar e o caminho seja cortado a norte?", pergunta o especialista.

Erol Mutercimler espera que os chefes militares sensatos do estado-maior da Turquia vão dissuadir o governo de participar destas operações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала