Mídia: Trump decide pôr de lado planos de cooperação com Rússia contra Daesh

© AFP 2022 / NICHOLAS KAMMDonald Trump, presidente dos EUA
Donald Trump, presidente dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Fontes da administração de Donald Trump e diplomatas ocidentais não identificados comunicaram à AP que o presidente dos EUA poderá adiar o trabalho preparatório de um acordo com a Rússia sobre a luta contra o Daesh e outras questões de segurança.

A Russian serviceman, left, trains Syrian soldiers to search and detect explosive devices in Palmyra. File photo - Sputnik Brasil
Trump 'provavelmente se unirá à Rússia e à Síria para libertar Raqqa do Daesh'
Segundo comunica AP, isso pode estar ligado à pressão exercida sobre a equipe de Trump por causa das acusações de contatos com Moscou.

As mudanças do discurso político podem ter sido provocadas também pelo fato de as novas pessoas próximas de Trump terem uma atitude mais dura para com a Rússia. Em particular, segundo comunicou uma fonte, o conselheiro de Trump para questões de segurança nacional Herbert McMaster classificou a Rússia e China como países que querem alterar o equilíbrio que existe no mundo.

Por seu lado, representantes das missões diplomáticas de vários países ocidentais acrescentaram em conversas com Trump que o acordo com a Rússia é muito arriscado, acrescentou uma fonte diplomática.

O secretário de imprensa do presidente dos EUA Sean Spicer comunicou em fevereiro que o presidente dos EUA Donald Trump pretendia assinalar um acordo com a Rússia sobre a luta conjunta contra o terrorismo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала