Bahrein alega ter descoberto célula terrorista com ligações no Irã

© AFP 2022 / MARWAN NAAMANICapital do Bahrein, Manama
Capital do Bahrein, Manama - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As autoridades do Bahrein anunciaram a descoberta de uma célula terrorista supostamente ligada ao Irã que estaria planejando matar eliminar membros das forças de segurança do país. Esse grupo já teria realizado pelo menos seis operações.

De acordo com a Al Arabiya, a polícia encontrou neste sábado uma grande quantidade de armas e explosivos com os membros dessa organização. Ao todo, 25 terroristas foram presos e outros 16 foram acusados in absentia. 

"A célula terrorista planejava assassinar forças de segurança do Bahrein com coordenação do Irã", afirmaram fontes anônimas citadas pela TV saudita. 

Polícia do Bahrein - Sputnik Brasil
Guarda Revolucionária do Irã prevê rebelião popular no Bahrein
Outra fonte disse ao canal que um dos detidos confessou que o grupo estaria recebendo instruções de um líder baseado na Alemanha, que estava organizando entradas e saídas de extremistas no país através do Irã e do Iraque. 

As relações entre Teerã e Manama têm estado abaladas desde 1981, quando o Bahrein sofreu uma tentativa de golpe de Estado e acusou xiitas iranianos de organizarem o movimento, com o objetivo de reproduzir no reino a Revolução Islâmica de 1979. Em janeiro deste ano, os dois países voltaram a se desentender, quando o Ministério das Relações Exteriores iraniano criticou duramente o chanceler bareinita, Khalid bin Ahmed Khalifa, por afirmar que o Irã era um inimigo e representava uma ameaça para a segurança de todo Oriente Médio. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала