Reforço militar: sistema de mísseis Bastion é instalado no Extremo Oriente russo

© Sputnik / Vitaly Ankov / Abrir o banco de imagensSistema de mísseis Bastion
Sistema de mísseis Bastion - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério da Defesa da Rússia instalou a primeira bateria dos novos sistemas de mísseis costeiros Bastion, cujo objetivo é defender os submarinos nucleares lançadores de mísseis estratégicos Borei (SNLMB) de possíveis ataques do inimigo, comunica o Izvestia citando o Estado-Maior da Marinha russa.

Os Bastion foram colocados ao serviço da 520ª brigada costeira no fim do ano passado. Até recentemente, a brigada era equipada com sistemas antiaéreos Redut, que agora são substituídos pelos mais modernos Bastion, comunica o Izvestia. 

Sistema de mísseis costeiros Bastion durante exercícios na região de Primorie, no Extremo Oriente da Rússia - Sputnik Brasil
Fronteiras nacionais da Rússia protegidas por sistemas de mísseis Bastion
Segundo acrescenta a edição, se planeja para breve a modernização completa do armamento da brigada. Segundo a edição, na Kamchatka estão agora duas divisões de submarinos: a 10ª e a 25ª. 

"Esta última integra os navios lançadores de mísseis estratégicos da Frota do Pacífico. Em 2015, a 25ª divisão, que tem a sua base em Vilyuchinsk, foi reforçada com cruzador submarino estratégico Borei", acrescenta a edição. 

O sistema Bastion foi desenvolvido e é produzido pela empresa NPO Mashinostroyeniya (Escritório de Projetos de Foguetes e Mísseis).

O sistema é equipado com mísseis hipersônicos Yahont, que podem eliminar navios do inimigo numa distância de 300 quilômetros e proteger cerca de 600 quilômetros da costa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала