Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Sérvia recebe proposta para impor sanções contra Rússia em troca de adesão à UE

© AFP 2021 / ANDREJ ISAKOVICBandeira da Sérvia
Bandeira da Sérvia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O reconhecimento da independência da autoproclamada República do Kosovo e a introdução de sanções contra a Rússia serão as condições para que a Sérvia possa aderir à União Europeia.

A declaração foi feita pelo presidente sérvio Tomislav Nikolic na terça-feira ao canal nacional RTS.

Durante uma das visitas anteriores a Belgrado do comissário responsável pela Política Europeia de Vizinhança e Negociações de Alargamento da UE, Johannes Hahn, Nikolic disse:

Kosovo - Sputnik Brasil
Criação de exército do Kosovo ameaça toda a Sérvia
"O senhor Hahn me disse que não poderemos avançar sem assinar um acordo vinculativo de boa vizinhança com o Kosovo e Metóquia, o que será, na minha opinião, o reconhecimento da independência do Kosovo."

"Ele também disse que sem uma política externa conjunta não poderemos ser membro da União Europeia", ressaltou Nikolic.

"Após isso, foram introduzidas as sanções contra a Federação da Rússia, das quais nós não participamos, e das quais nós deveríamos participar se fossemos país integrante da UE", sublinhou o presidente.

Segundo Nikolic, embora estas exigências não sejam uma posição oficial da UE, elas são antecipadas pelos parlamentos de muitos países que terão de aprovar a nossa adesão, inclusive o parlamento alemão que desempenhará o papel decisivo.

Aeronaves MIG-29 ensaiam para parada militar em Minsk, Bielorrússia - Sputnik Brasil
Modernização em curso: Sérvia recebe equipamento militar da Rússia e Bielorrússia
Ainda em dezembro de 2015, a Sérvia e a UE abriram os dois primeiros capítulos do dossiê de negociações sobre a entrada do país na União Europeia, um sobre o controle financeiro e outro sobre normalização dos laços com a autoproclamada República do Kosovo. Posteriormente, em meados de julho de 2016, Bruxelas e Belgrado abriram mais dois capítulos referentes à adesão – sobre o poder judicial e segurança, e em dezembro de 2016 – sobre encomendas estatais, ciência e pesquisas.

Anteriormente, o governo da Sérvia declarou que não apoiaria as sanções do Ocidente em relação à Rússia.

Em 17 de fevereiro de 2008, as estruturas kosovares-albanesas de Pristina proclamaram unilateralmente a sua independência da Sérvia. A república autoproclamada não é reconhecida pela Sérvia, Síria, Rússia, China, Israel, Irã, Espanha, Grécia e vários outros países.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала