Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Morre o embaixador russo nas Nações Unidas

© AP Photo / Seth WenigEmbaixador da Rússia na ONU, Vitaly Churkin
Embaixador da Rússia na ONU, Vitaly Churkin - Sputnik Brasil
Nos siga no
Faleceu hoje o representante permanente da Rússia nas Nações Unidas, Vitaly Churkin, em Nova York, nos Estados Unidos. O diplomata tinha 64 anos e faria aniversário nesta terça-feira, 21.

"Um proeminente diplomata russo faleceu em serviço. Gostaríamos de expressar nossas sinceras condolências à família de Vitaly Churkin", declarou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia por meio de nota oficial.

De acordo com o vice-embaixador da Rússia na ONU, Vladimir Safronkov, citado pela Associated Press, o chefe da delegação russa estava em seu local de trabalho quando passou mal e foi levado às pressas para o hospital, onde acabou não resistindo. A causa da morte, no entanto, não foi informada.

Segundo o Kremlin, ao saber da notícia, o presidente russo, Vladimir Putin, ficou profundamente triste, e também expressou suas condolências tanto para a família de Churkin como para seus colegas de profissão. 

"O chefe de Estado valorizava muito o profissionalismo e o talento diplomático de Churkin", afirmou Dmitry Peskov, porta-voz da presidência.

Nascido na capital russa em 1952, Churkin começou sua longa carreira logo após se formar no Instituto Estatal de Relações Exteriores de Moscou, em 1974. Antes de defender os interesses russos naS Nações Unidas, função que desempenhava desde 2006, ele serviu como embaixador da Rússia no Canadá (1998-2003), representante especial do governo russo nas conversas sobre a Iugoslávia (1992-1994) e diretor do Departamento de Informação da chancelaria russa e soviética (1990-1992), entre outras coisas. O embaixador era casado e tinha dois filhos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала