Boca de urna dá vitória ao esquerdista Lenín Moreno no 1º turno das eleições equatorianas

© REUTERS / Guillermo GranjaLenin Moreno, presidential candidate from the ruling PAIS Alliance Party, gives a speech during his closing campaign rally in Guayaquil, Ecuador
Lenin Moreno, presidential candidate from the ruling PAIS Alliance Party, gives a speech during his closing campaign rally in Guayaquil, Ecuador - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma pesquisa de boca de urna conduzida pelo instituto Cedatos colocou o candidato governista do partido Alianza País com 39.4% do voto, de acordo com a Reuters.

O principal concorrente de Moreno, o conservador e banqueiro Guillermo Lasso, teria conseguido 30,5% dos votos, de acordo com a mesma pesquisa. Moreno precisa de 40% do apoio e uma diferença de 10 pontos percentuais em relação ao segundo candidato se ele quiser evitar o segundo turno, a ser realizado dia 2 de abril.

Denúncias de fraude

Enquanto os primeiros resultados começam a ser divulgados, a internet se enche de denúncias de fraude no pleito. Usuários do Twitter denunciaram que cédulas marcadas e até mesmo o registro de crianças para registradas para votar apareceram na rede social. O Colégio Eleitoral do país ainda não se pronunciou sobre o assunto

Quito, Ecuador - Sputnik Brasil
Quito: Rússia quer investir em mineração, eletricidade e petróleo no Equador
Quase 13 milhões de equatorianos foram às urnas no país e outros 378 mil votam no exterior.

Os equatorianos escolhem presidente e vice-presidente, bem como os membros da Assembleia Nacional, membros da Assembléia Provincial, assembleia por eleitores e parlamentares andinos.

Além disso, os eleitores devem votar "sim" ou "não" à consulta popular contra paraísos fiscais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала