Lavrov: 'EUA querem cooperar com parceiros para resolver seus próprios problemas'

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensMinistro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov durante uma coletiva de imprensa
Ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov durante uma coletiva de imprensa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, participou neste sábado (18) da reunião ministerial do Quarteto da Normândia (Rússia, Alemanha, França e Ucrânia) durante a Conferência de Segurança de Munique.

Ao comentar as conversações sobre as perspectivas de resolução do conflito ucraniano, Lavrov demonstrou um tom otimista ao afirmar que a Ucrânia e as forças de Donbass serão capazes de chegar a um acordo de cessar-fogo. 

Quarteto da Normandia: Vladimir Putin, Angela Merkel, Francois Hollande, e Pyotr Poroshenko. - Sputnik Brasil
Quarteto da Normandia promete iniciar processo político em Donbass nas próximas semanas
O ministro, no entanto, frisou que o bloqueio à região de Donbass implementado por Kiev é "inaceitável".

Ao comentar a cooperação com os Estados Unidos, Lavrov observou que Washington quer promover a cooperação com os seus parceiros "para resolver os seus próprios problemas". 

"O que eu ouvi é que os EUA querem trabalhar com os seus parceiros na solução dos problemas que preocupam Washington nos assuntos internacionais. E, como eu disse, nós estamos esperando, quando, finalmente, seja formada uma equipe que vai lidar com a política externa dos EUA", afirmou Lavrov. 

A tensão em Donbass aumentou nos últimos dias de janeiro, quando as repúblicas não reconhecidas de Donetsk e Lugansk relataram ataques realizados por parte do exército ucraniano. Hoje em dia, a situação no Leste da Ucrânia permanece grave, as partes em conflito denunciam diariamente violações do regime do cessar-fogo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала