Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Por que Venezuela proibiu CNN?

Nos siga no
Jordán Rodríguez, vice-presidente da emissora Venezolana de Televisión (VTV), explicou por que as TVs por assinatura foram obrigadas a parar de transmitir o canal CNN na Venezuela pela Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel).

CNN - Sputnik Brasil
Venezuela bloqueia sinal da CNN por notícia falsa
Em entrevista à Sputnik Mundo, Rodríguez informou que a "Venezuela decidiu proibir a transmissão da CNN em espanhol devido a ataques frequentes contra a estabilidade política, tranquilidade social e saúde de juventude e crianças do país", ao se referir à declaração anterior de Andrés Eloy Méndez, diretor da Conatel.

Segundo Rodríguez, a CNN "publica mentiras e notícias falsas dirigidas contra a revolução venezuelana", sem apresentar quaisquer provas.

"No dia 9 de fevereiro, a CNN publicou uma reportagem sobre falhas na entrega de passaportes com base em fatos reais", o escritório que entrega os documentos realmente descobriu uma "rede de corrupção", comunicou o vice-presidente da VTV.

Antes desta reportagem, a VTV transmitiu o programa apresentado por Rodríguez onde ele informou que "120 funcionários envolvidos neste caso foram julgados", mas que "essa não foi uma notícia nem para a CNN, nem para as fontes da mídia venezuelana que seguem a sua postura editorial".

Venezuela's President Nicolas Maduro speaks during a meeting with businessmen in Caracas, Venezuela January 9, 2017 - Sputnik Brasil
Maduro chama de 'infâmia', sanções americanas contra vice da Venezuela
Além disso, segundo Rodríguez, na reportagem da CNN, Marco Ferreira, participante dos eventos de 11 de abril de 2002 em Caracas (quando tentaram derrubar o ex-presidente Hugo Chávez), revelou que "passaportes são entregues inclusive para terroristas islâmicos, ao relacionar isso com a origem do atual vice-presidente Tareck El Aissami acusado de contrabandear drogas".

Segundo a Conatel, tais alegações da CNN violam "a lei sobre responsabilidade de empresas da rádio e televisão que são obrigados a proteger os menores".

Rodríguez ressalta que "todos os países soberanos no planeta têm que defender sua população". 

"Estas pessoas incitam violência e ódio, por isso proibimos a sua transmissão no nosso território", finaliza o vice-presidente da VTV.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала