Crianças-bombas: trágico destino dos yazidis sequestrados pelo Daesh

© AFP 2022 / Tauseef MustafaMilitantes do grupo terrorista Daesh
Militantes do grupo terrorista Daesh - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na véspera, redes sociais publicaram um vídeo que mostra ataque terrorista realizado por duas crianças yazidis em nome do Daesh.

Fumaça na cidade de Mossul, Iraque (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Ataque da coalizão mata chefe da polícia militar do Daesh em Mossul
O vídeo, que tem duração de meia hora, mostra dois irmãos, de 15 e 16 anos de idade, que foram tomados de reféns durante um ataque do Daesh contra Sindjar em agosto de 2014. Primeiro, eles falam para câmera que pretendem cometer um atentado, mas em seguida um deles se explode a leste de Mossul e o outro – perto de Tal Afar, a oeste de Mossul.

Hayri Bozani, chefe do Departamento para questões de yazidis do Ministério para waqf (doação religiosa na lei islâmica) e religião do Curdistão iraquiano, contou à Sputnik Turquia que os terroristas do Daesh treinam crianças yazidis para desempenhar a função de terroristas-suicidas.

"Mais de 1.000 crianças yazidis estão nas mãos do Daesh nesse momento. Em primeiro lugar, jihadistas os convertem para o islã. Após isso, as crianças recebem ensinamento da xaria e são preparadas para atentados na qualidade de suicidas", conta Bozani.

Tanque T-72 do exército iraquiano - Sputnik Brasil
Prova documentada: Daesh pode comprar tanques a fornecedores no mercado negro
"Até hoje, conseguimos salvar 13 crianças yazidis do destino trágico de levar o cinto de suicida. As crianças yazidis estão no cativeiro do Daesh tanto na Síria, como no Iraque, mas a maioria fica perto de Raqqa. Elas foram levadas para lá em grandes números após o início da fase ativa da operação de Mossul", explica o chefe do Departamento.

Segundo ele, até agora 2.900 yazidis foram libertos do cativeiro do Daesh.

"De acordo com as informações à nossa disposição, os terroristas do Daesh assassinaram cerca de dois mil yazidis tomados antes como reféns", diz.

Bozani pediu para que a comunidade internacional preste assistência a fim de salvar a população de yazidis do cativeiro do Daesh.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала